Porque Consomes Conteúdos das Redes Sociais?

Redes Sociais
Porque Consomes Conteúdos das Redes Sociais

Mesmo correndo o risco de menosprezar leitores assíduos de livros ou E-books, fico admirado com a quantidade de pessoas, dependentes do consumo de conteúdos das redes sociais.

Do Facebook, ao tiK toK, dos filmes da netflix, à MTV, acredito que estes leitores estejam a ser bombardeados, de corpo e alma, com várias horas de conteúdo, proveniente das redes sociais e canais de TV.

No entanto, eles ainda não perceberam que este conteúdo social, separa-os de si, da sua família e ainda os enfraquece, física e psicologicamente, tornando-os apenas mais um escravo das redes sociais.

Quando comecei a fechar algumas das minhas redes sociais, ainda me sentia imerso e dependente delas.

Eu tentei fazer várias postagens no face e no insta, geralmente, sobre a minha revolta contra a sociedade, mas, analogamente, ouvia música popular e assistia a filmes de ficção para esquecer a realidade!

Surpreendentemente, via e assistia a muitos vídeos do youtube e lia vários livros e PDFs de autoajuda.

Portanto, eu acompanhei dezenas de contas de redes sociais e devorei notícias televisivas, para ser bombardeado por informações diabólicas, durante horas a fio.

Eu sentia-me cada vez mais depressivo e enganado por esta sociedade retrograda!

Se satanás pudesse empacotar os seus esforços num tema, esse tema seria, sem dúvida, as redes sociais e os Mídea.

Inicialmente, as redes sociais não eram normais para mim, no entanto, adaptei-me e como fruto dos tempos atuais, elas passaram a ser banais.

Os conteúdos sociais começaram a ser triviais e, eu não conseguia identificar o “espiritóide satânico” que provinha desses conteúdos.

Nessa altura, eu já adorava Blogs, portanto, implicitamente, não era 100% devoto ao “demónio social”.

Já se passaram alguns anos desde que iniciei o meu Blog Treino Natural, no entanto, a minha vida ficou entrelaçada às redes sociais devido aos conselhos irresponsáveis dos “especialistas em marketing digital”.

Se pudesse, mandava-os para o “caralho”!

Mas vou tentar não fugir do tema…

Assumo, que ainda hoje, assisto a algumas notícias e filmes, como fonte de entretenimento, para aliviar a mente da minha jornada de trabalho e também como meio de procrastinação das tarefas diárias.

Apesar de tudo, senti que estava a começar a ficar apegado, de modo preocupante, e por isso decidi começar a fazer o desmame.

A primeira coisa que fiz foi deixar de levar o telemóvel para a casa de banho!

Para me ver livre dessa dependência, com disciplina e determinação, passei a levar um livro e acredita que já li vários livros interessantes à “pála” disso.

As minhas contas do Facebook, continham todos os meus artigos do Blog poderedisciplina.pt e do Blog treinonatural.pt

No caso específico do Facebook, associado ao Blog poderedisciplina.pt, cheguei mesmo a pagar anúncios para conseguir espalhar a minha palavra e dar a conhecer os conteúdos que estudava e escrevia!

Eu sei que tudo o que estava nesses anúncios, iria ajudar muitas pessoas a conseguir ter uma vida plena, cheia de saúde e com um corpo forte e tonificado.

Mas mesmo escrevendo a verdade, os meus canais do Facebook ou Instagram eram recriminados e bloqueados.

Onde está a democracia?

Eu tive que apagar páginas inteiras do Facebook, repletas de conteúdos excecionais, só porque era bloqueado, devido ao suposto incumprimento das políticas de privacidade.

Digo “suposto incumprimento”, porque nunca me deram certeza da razão dos bloqueios que sofri!

No entanto, apagar as minhas contas do Facebook originou um prazer e uma rebeldia, que acalmou o meu coração.

Sei que irás pensar…

“Como é que a rebeldia acalmou o teu coração?”

A rebeldia que sinto é a maior prova de que existo!

Eu admito que, apagar ou eliminar as páginas do Facebook que construí com imensos artigos, imagens e mandamentos, em que acredito e aconselho com convicção, prejudicou gravemente o meu ego!

No entanto, o que importa não é o meu ego, mas sim, as minhas palavras de motivação, ajuda e determinação!

Surpreendentemente, até as músicas atuais que passam nas rádios e que eu ouço, nas longas viagens de carro para o trabalho, com o trânsito congestionado, são simplesmente uma “cacofonia” de sons modernos, supostamente agradáveis para os meus ouvidos.

Contudo, a minha concentração melhora, quando ouço músicas antigas, que bombardeiam a minha mente com trechos de palavras e melodias que me recordam os tempos da “velha guarda”.

“Penso que já estou a divagar!”

Continuando com as redes sociais…

As redes sociais são uma abordagem 100% “plástica”, e por isso nunca entram num templo de monges.

As redes sociais combatem a espiritualidade!

A vida espiritual nunca pode ser compartilhada através de uma rede social, porque irá faltar algo na formação básica da tua alma.

Vou fazer-te uma pergunta …

Porque sujeitas os teus olhos e ouvidos aos conteúdos produzidos por aqueles, que te ludibriam nas redes sociais e nas Mídias?

Um dia vais arrepender-te e serás condenado por ti próprio!

A glória está contemplada na disciplina, por isso não sigas aqueles que vivem vidas degeneradas e sórdidas só porque são famosos nas redes sociais e cujo objetivo é ajudar os jovens a descer ao inferno!

Eu também fiz o mesmo, mas, felizmente, comecei a entender o meu erro!

Eu apaguei algumas das minhas páginas do Facebook, o que foi um autêntico desafio, no entanto tal como o desmame de qualquer droga, o meu cérebro adaptou-se a viver sem redes sociais!

A abordagem plástica das redes sociais e das Mídias televisivas atinge os anciãos da família de forma progressiva.

Hoje consigo perceber, que a motivação, determinação e espiritualidade estão a ser subjugadas pela abordagem plástica.

Denoto que, nesta sociedade, existe falta de formação básica da alma!

Mais uma vez faço-te esta pergunta…

Gostaria de saber, porque sujeitas os teus olhos e ouvidos às redes e Mídias sociais, se elas aniquilam a tua mente a longo prazo, em troca de distração e prazer?

Aliás, essa pergunta é para ti e para mim!

Por falta de uma resposta justificável, comecei a deixar o apego que tinha às redes sociais e, a partir daí, comecei a ler mais e a ver vídeos que geravam e potenciavam, apenas, cultura.

Atualmente penso

Se eu me sentir fraco e desmotivado, assisto e ouço vídeos com conteúdo que me vão edificar de forma inteligente!

Tenho que admitir que preciso de sabedoria, mas, certamente, tenho de a escolher, criteriosamente!

Afinal o conteúdo social é um “caminho” idêntico ao das drogas, porque é projetado para distrair a alma e o apego pela vida!

Está na altura de parares, curares a ansiedade, a distração, a fantasia e a procrastinação e salvares a tua alma!

Para te escapares, com sucesso, do conteúdo das redes sociais, tens que encontrar algo para o substituir.

Gostaria de te dizer que apaguei todas as minhas redes sociais, mas estaria a mentir, pois este é e, sempre será, um processo gradual!

As redes socias geravam em mim uma “idolatria” retrograda e insegura!

Como já referi anteriormente, apagar as minhas páginas sociais nesta geração moderna, criou um desconforto na minha alma.

Afinal, a fraqueza que se apoderou de mim, através das redes sociais, transformou a minha mente num mundo de fantasia!

Acredita que as redes sociais têm mais poder do que qualquer droga que consumas, porque o teu cérebro adapta-se a um mundo de fantasia e mentira.

Por muito que aconselhe a minha filha a libertar-se das redes sociais e jogos online, penso que falta algo na formação básica da sua alma!

Agora pergunto:

Porque não consigo libertar a minha filha das redes sociais e dos jogos online?

Decerto, os seus olhos e ouvidos padecem com um conteúdo sem glória!

As redes sociais originam vidas degeneradas e sórdidas, cuja regra está a ajudar milhões de jovens e adultos, a descerem ao inferno social!

As redes sociais, prendem-te ao reino da fantasia e da superficialidade, levando-te a momentos de prazer em troca de um abismo de distração e sensualidade!

Por não conseguir obter uma resposta justificável e porque senti a necessidade de me despegar das redes sociais, forcei o desmame e desde então, deixei de seguir as redes sociais, especialmente o Facebook.

Quando me apercebo que um conteúdo me vai enfraquecer, elimino-o de forma definitiva!

No entanto se o conteúdo me vai edificar, sinto-me sábio e despegado do mundo material!

Eu estou preso à “sabedoria” de alguém que esteja, firmemente, apegado a um estilo de vida saudável que seja chamado de “caminho”!

Esse será o único caminho que entra em conflito com o desdém social!

Parar com as redes sociais, ajudou-me a evitar a ansiedade, distração e a fantasia, e ainda me ajudou a salvar a alma.

Não te esqueças desta dica importante…

Para eliminares com sucesso as redes sociais, tens que encontrar algo para as substituir!

Pega num livro e lê-o do início ao fim.

De seguida, pega noutro e continua a ler.

Certamente, que a sabedoria se vai apegar a ti!

Com ORGULHO!

Carlos Coelho, do Blog Treino Natural!

Junta-te Aos Milhões De Leitores Que Querem Viver Uma Vida Plena Com Determinação e Sucesso.

Insere o teu melhor E-mail para te subscreveres

SubscreverNão envio spam. O teu E-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Carlos Coelho
Carlos Coelho

Olá! O meu nome é Carlos Coelho e sou o fundador do Blog Treino Natural. Tenho vivenciado o submundo da Dieta, do Treino e ainda uma filosofia de vida rebelde, ousada e determinada...

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Utiliza este formulário para solicitar uma cópia dos teus dados neste site.

Solicitar remoção de dados

Utiliza este formulário para solicitar a remoção dos teus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Utiliza este formulário para solicitar a retificação dos teus dados neste site. Aqui podes corrigir ou atualizar os teus dados por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Utiliza este formulário para solicitar o cancelamento de inscrição do teu e-mail em nossas Listas de E-mail.