O Melhor Exercício para Construir Umas Pernas Poderosas e Tonificadas

Agachamento Profundo“Tens treinado pernas?”

“Tens um tronco poderoso… Mas umas pernas de frango?”

“Queres experimentar um treino exaustivo?… Então, hoje é dia de treinarmos pernas.”

Muitos de vocês poderão dizer: “Não, eu nunca treino pernas!… Eu não necessito de as treinar.”

Apesar de comum, esta situação não traz benefícios para a tua performance física e é defendida, apenas por aqueles que não têm conhecimentos suficientes sobre treinos de musculação!

Se desejas ter umas pernas fortes e tonificadas… É urgente fazeres AGACHAMENTOS!

Em todos os treinos que fizeres deves agachar, agachar e agachar, com o máxima carga possível!

Se tiveres problemas na coluna ou nos joelhos poderás agachar com cargas menores, mas com um maior número de repetições.

Se o teu objetivo é alcançares umas pernas musculadas, poderosas e tonificadas deves fazer agachamento frequentemente.

Quando falo em agachamento refiro-me a agachamento profundo e livre. Profundo, porque se toca com os glúteos nos tornozelos e livre porque, se executa apenas com a barra, sem recorrer a qualquer aparelho fixo de musculação. Este é o tipo de agachamento que os halterofilistas executam e que favorece o equilíbrio, oferecendo uma enorme potência a todo o corpo.

Na musculação, o agachamento é um dos exercícios mais completos, mas também um dos mais difíceis, no entanto torna-nos fortes e poderosos.

As Vantagens do Agachamento Profundo:

  • O agachamento profundo é um exercício muito completo, que potencia o desenvolvimento das pernas e dos glúteos.
  • Contribui para construir uns quadricípites fortes, uns bicípites femorais arredondados e uns glúteos duros e tonificados.
  • O agachamento proporciona, nas pernas, tamanho e força muscular, mas também desenvolve potência, na totalidade do corpo.
  • O agachamento é o exercício que mais estimula a hormona do crescimento e a testosterona, maximizando a hipertrofia e a força muscular.
  • O agachamento é o exercício que mais despende energia, sendo bastante utilizado para queimar gordura corporal. Porém, devem sempre ter cuidado com a vossa dieta alimentar, já que se esta não for adequada, não irão perder gordura só porque fazem agachamento!
  • Algumas revistas divulgam que fortaleceres as pernas praticando agachamento, pode tornar- te mais lento. Na minha opinião, esta informação está errada e não revela a importância e o poder deste exercício, que ao te dar pernas mais fortes, vai permitir que te tornes mais rápido e explosivo.
  • O exercício de agachamento feito com grandes pesos fortalece os ossos, como demonstra um estudo elaborado por Karlosson et al, que comprovaram que levantadores de peso possuíam uma densidade óssea, cerca de 10% superior à de pessoas sedentárias.

Mas, afinal todos podem fazer agachamento profundo?

De um modo geral, sim… Para alguns apenas será necessário um período de adaptação ao exercício,  para outros não será assim tão simples! Existem casos particulares que requerem cuidados especiais:

  • Quem apresenta falta de flexibilidade, deve fazer agachamento paralelo ao solo, ou seja, num ângulo de 90 graus. No entanto, mesmo não possuindo uma boa flexibilidade, o meu conselho é que persistam e tentem sempre fazer agachamento profundo.
  • Quem nunca fez agachamento profundo, ou quem é iniciante em treinos de musculação deve começar por pratica-lo, somente com a barra, de forma a se adaptar corretamente ao exercício. Posteriormente, em cada treino, deve tentar acrescentar 2 Kg de peso na barra.
  • Quem apresenta pouca flexibilidade na zona lombar (parte inferior das costas) pode, no início, sentir alguma dificuldade em concretizar este exercício, mas com persistência e determinação podem conseguir alcançar o vosso objetivo.
  • Se têm problemas diagnosticados nos joelhos ou na coluna vertebral, a situação é mais delicada e a minha  recomendação é que façam o agachamento paralelo ao solo e o agachamento frontal. Neste tipo de exercício, a barra é apoiada na parte frontal dos ombros e na parte superior do peito, e como o peso colocado na barra é muito inferior, ao que colocariam se fizessem agachamento profundo, acabam por diminuir a carga e a pressão exercidas, tanto na coluna como nos joelhos.

O agachamento é um exercício completo e para se evitarem lesões, deve ser executado corretamente,  o que requer técnica:

  • A barra deve permanecer sobre os trapézios e não sobre o pescoço;
  • Os pés devem estar ligeiramente mais afastados, que a largura dos ombros, a cabeça deve permanecer direita, o peito ligeiramente projetado para fora e as costas ligeiramente arcadas…
  • Deve então iniciar-se o agachamento, até tocar com os glúteos nos tornozelos, caso possam fazer agachamento profundo. Caso contrário, devem fazer agachamento paralelo ao solo (formando um ângulo de 90 graus).
  • A partir desse ponto, sobe-se o peso até à posição inicial.

agachamento profundo, quando é executado na perfeição, ajuda a fortalecer os joelhos, embora haja quem afirme o contrário e contribui para fortalecer os bicípites femorais e os glúteos, o que não acontece tanto, na prática do agachamento paralelo ao solo.

O agachamento profundo é um exercício tão natural, que até as crianças o conseguem fazer. Se observarem com atenção as crianças, verão que é bastante comum as vermos, naturalmente agachadas, tocando com os seus glúteos nos tornozelos.

Muitas pessoas evitam treinar pernas, recorrendo ao exercício de agachamento, porque, além de exigir um esforço enorme, têm receio de lesionar os joelhos ou as costas. Então acabam por optar por outros exercícios, que ficam muito aquém do poder do agachamento.

Se não tiverem problemas graves que vos limitem fisicamente e tiverem um espírito de guerreiro, devem fazer agachamento, considerado o “rei dos exercícios de musculação”.

Conclusão

– O agachamento é um exercício fundamental para quem quer aumentar a massa muscular.

– O agachamento é um movimento natural e primitivo, que efetuamos desde a infância e que é fundamental para o desenvolvimento do aparelho locomotor.

Agachamento Criança

Agachamento natural de uma criança.

– A maioria das pessoas associa a força à parte superior do corpo. Por isso é tão comum, vermos mostrarem uma contração do braço (bicípite), quando se pede a alguém para exibir os seus músculos, mas nunca vimos ninguém baixar as calças e contrair os músculos das pernas, para demonstrar o seu poder físico.

As pernas são o maior músculo do corpo humano e, por isso, quando a força nas pernas é grande, a força e a resistência dos outros músculos, também é grande!

O agachamento é o rei dos exercícios de musculação para a parte inferior do corpo e ajuda a desenvolver a parte superior, permitindo fortalecer o corpo, como um todo.

– Este exercício é bastante técnico, exige um enorme esforço físico e deve ser executado na perfeição. Desta forma, evitam-se lesões e consegue-se desenvolver um poder e uma força física extrema.

– Aqueles que, devido a problemas nos joelhos ou na coluna vertebral, não podem executar agachamento livre e profundo, devem fazer o agachamento paralelo ao solo, como já referi, e o agachamento frontal.

– O agachamento é um exercício praticado por quem treina de “verdade” e por quem possui um espírito de sacrifício e mentalidade de guerreiro(a)!

Para alcançarem umas pernas fortes, tonificadas e poderosas, um corpo potente, resistente, compacto e robusto  e uma mente sã e inabalável… Abusem do agachamento,

Sigam o Blog, subscrevam-se e ajudem-nos a crescer!

Termino com uma citação:

“Determinação, coragem e autoconfiança são fatores decisivos para o sucesso. Não importa quais sejam os obstáculos e as dificuldades. Se estamos possuídos de uma inabalável determinação, conseguiremos superá-los. Independentemente das circunstâncias, devemos ser sempre humildes, recatados e despidos de orgulho.” (Tenzin Gyatso)

2 comentários a “O Melhor Exercício para Construir Umas Pernas Poderosas e Tonificadas

    • Olá Claine!
      Nem sempre é fácil publicar artigos, com a regularidade que gostaria!
      Além do tempo que passo no meu emprego, estou a terminar uma pós graduação em nutrição personalizada, o que veio dificultar ainda mais coisas.
      No entanto são pessoas como tu, que nos dão forças e motivação para continuar este projeto!
      Prometemos continuar!

      Cumprimentos

      Carlos Coelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WordPress Anti Spam by WP-SpamShield