Glucosamina no Alívio e Tratamento de Doenças Osteoarticulares

Dores ArticularesSofrem de dores na coluna?

E de dores articulares?

As dores nas ancas incomodam-vos?

Vou dar-vos a conhecer um pouco da minha história…

Há alguns meses atrás, principalmente ao acordar, sentia algumas dores nas costas. Na altura pensei que poderia ser do meu colchão, que já fez a sua função durante 17 anos, mas que precisa ser descartado, diretamente para o lixo.

Efetuei uma TAC aos pulmões (Tomografia Axial Computorizada), no âmbito da medicina de trabalho. Como trabalho numa fábrica que utiliza sílica, faço TACs aos pulmões com alguma regularidade e no último que fiz, vinha referido, “degeneração da coluna vertebral”. Depois de ver este resultado e com as dores que vinha a sentir, decidi marcar uma consulta para a minha médica de família. A médica prescreveu-me então, um Raio-X à coluna vertebral e lombar.

Resultado…

Foram-me diagnosticados vários problemas degenerativos na coluna!

A médica de família achou importante efetuar uma TAC à coluna vertebral e lombar para avaliar de forma mais específica, todos os problemas existentes.

Diagnóstico… Preparem-se que é extenso e utiliza termos que eu próprio nunca tinha ouvido falar!

Coluna Cervical: Discartrose na C6-C7, nódulo Schmorl em C6, compressão da raiz nervosa em C7, calibre diminuído em C3-C4, entre outros.

Coluna Lombar: Espinha bífida oculta, discartrose L3-L4 associada a hérnia intra-foramidal, compressão da raiz nervosa em L3, discartrose em L4-L5, compressão da raiz nervosa em L4, protusão discal em L5-S1, discartrose em L1-L2, discartrose em D12-L1, hernia em L3-L4 com compressão da raiz nervosa em L3, protusão discal L4-L5 com possível compressão da raiz nervosa em L4.

Como podem ver, o meu quadro clinico não era nada animador e explicava as dores que sentia!

Entretanto, com este quadro clínico decidi deixar de treinar, o que fez com que as dores piorassem ainda mais. As dores eram fortes e persistentes e incomodavam-me de dia e de noite!

A médica de família prescreveu-me analgésicos, que em nada ajudavam a aliviar as dores e marcou-me consulta para um neurocirurgião. Quando fui à consulta, que durou no máximo 15 minutos, o médico disse-me que não havia nada a fazer, a não ser ter alguns cuidados, como evitar esforços físicos intensos. Caso contrário, ao fim de 3 ou 4 anos teria mesmo de fazer uma cirurgia à coluna.

Decidi ir a um osteopata, que me fez uma massagem exaustiva, aliviando a compressão na coluna, o que me fez sentir um imenso alívio das dores. O osteopata também me aconselhou a continuar a treinar, pois se mantivesse uma musculatura forte nas costas, as dores seriam inferiores. Saí de lá sem dores e bastante aliviado, o que aliás se manteve, durante cerca de 3 semanas.

Entretanto, elaborei um plano de treino apropriado para mim, reiniciei os treinos e comecei a estudar métodos naturais que me permitissem viver melhor, sem dores e que ajudassem a melhorar o meu quadro clínico.

Encontrei o tratamento de ozonoterapia, que apesar de ser um procedimento cirúrgico, não necessita fazer qualquer incisão. Os relatos de pessoas que já recorreram a esta terapia são bastante positivos, mas é um procedimento bastante dispendioso.

Continuei a minha pesquisa e encontrei um suplemento milagroso, o Sulfato de Glucosamina!

O nosso corpo necessita de Glucosamina para a formação de vários tecidos importantes, sendo ela o ingrediente fulcral para a manutenção das articulações.

O que é a Glucosamina?

A Glucosamina é um composto natural importante na formação e construção das nossas articulações, tendões e ligamentos. Pode encontrar-se em concentrações superiores nas nossas articulações e na cartilagem, mas também no líquido sinovial e tem como funções, lubrificar as articulações e absorver os choques naturais do corpo, eliminando dores articulares, ósseas e musculares.

Os seus principais efeitos no nosso organismo…

É importante destacar os seus efeitos naturais anti-inflamatórios e anti envelhecimento, no combate à artrite e osteoartrite, no auxílio da digestão, na saúde intestinal e na maior mobilidade e amplitude dos movimentos. Este suplemento promove tanto a saúde articular, como a saúde digestiva e intestinal e por isso é importante o seu uso, mesmo em pessoas saudáveis, como forma de prevenção.

Quem padece de gastrite ou úlcera estomacal, pode obter benefícios com a ingestão do Sulfato de Glucosamina, já que este suplemento, ajuda a formar  tecido conjuntivo que compõe parte do trato digestivo.

Alguns estudos, a curto prazo indicam que algumas pessoas com dores severas nas articulações não se beneficiaram com a suplementação de glucosamina, mas existem estudos, a longo prazo que o contradizem.

No meu caso, senti melhoras significativas em apenas 6 a 8 semanas de uso contínuo de Sulfato de Glucosamina. Isto não quer dizer que nunca sinta dores, mas as melhoras foram substanciais.

Pretendo usar este suplemento para o resto da minha vida, porque os estudos indicam que a regeneração mais acentuada das cartilagens se verifica após 3 a 5 anos de utilização.

Este suplemento é ideal para pessoas a partir dos 40 anos, mas também para jovens que queiram prevenir problemas articulares, ósseos, musculares e tendinosos, principalmente se praticarem desportos intensos e exigentes a nível físico.

Muitos culturistas da atualidade, como o Mr. Olimpia Phil Heat, utilizam a Glucosamina para a recuperação das articulações, músculos e tendões. Para estes atletas, de elevado nível é extremamente importante a suplementação com Glucosamina, devido ao uso de esteroides anabolizantes. Estas substâncias aumentam-lhes demasiado a força, que não é acompanhada pelo fortalecimento das articulações, ossos e tendões, daí a importância de suplementarem com Glucosamina.

Dose diária recomendada…

O Sulfato de Glucosamina pode ser substituído por sopas de caldo de osso, no entanto é bem mais prático ingerir o suplemento, que cozinhar caldo de osso vária vezes por semana. Além disso o suplemento que tomo possui 1500 mg de glucosamina, uma concentração bastante superior e considerada eficaz no combate às doenças articulares e à regeneração óssea, articular e do fluido sinovial.

A dose diária recomendada de Sulfato de Glucosamina é de 500 a 1500 mg, mas aconselho-vos a tomarem 1500 mg para melhores resultados.

O Sulfato de Glucosamina tem resultados surpreendentes e ainda mais eficazes, quando conjugado com o Sulfato de Condroitina (obtido a partir da cartilagem de tubarão).

Há cerca de 3 meses que ingiro 1500 mg de Sulfato de Glucosamina, juntamente com 1470 mg de Sulfato de Condroitina (cartilagem de tubarão). Estou bastante satisfeito com os resultados, pois embora, por vezes, ainda sinta algumas dores nas costas, consigo levar uma vida normal e treinar (um treino especifico que elaborei para a minha condição).

O Sulfato de Glucosamina é o que apresenta resultados mais positivos e eficazes, quando comparado com outras formas deste suplemento.

Benefícios associados ao uso de Glucosamina…

  1. Combate a osteoartrite e melhorar a saúde em geral.

Melhora a saúde das articulações, pois retarda o seu envelhecimento, aumentando a sua durabilidade, além de reduzir os efeitos degenerativos, como a osteoartrite. No fundo, atua como um “travão” no desgaste das cartilagens e usado a longo prazo, pode até regenerá-las.

Diminui a inflamação crónica e os que a utilizam a longo prazo relatam alívio da dor, o que lhes permite evitar cirurgias e reduzir ou até eliminar o uso frequente de medicamentos analgésicos e anti inflamatórios, extremamente prejudiciais.

As dores nas articulações são causadas por anos de pressão e fricção constante nas articulações, vértebras e discos intervertebrais, o que pode dever-se a vários fatores: longos anos de trabalho braçal, treinos intensos, degeneração genética, posturas erradas, especialmente em trabalhos mais sedentários, em que permanecemos sentados por longos períodos, trabalhos em que se executam movimentos repetitivos e muitos outros!

A Osteoartrite é uma doença degenerativa que limita os movimentos, a milhares de pessoas.

Os estudos comprovam que tomar, diariamente, 1500 mg de Sulfato de Glucosamina, pode aliviar as dores, regenerar as articulações e o fluido sinovial e evitar danos adicionais.

Por isso, recomendo o Sulfato de Glucosamina como o principal suplemento para o combate natural a todas as doenças ósseas e articulares, acompanhado de uma alimentação funcional, como a Dieta do Paleolítico.

O Sulfato de Glucosamina é um suplemento completamente natural, por isso não necessita de prescrição médica e pode substituir os analgésicos comuns, ou pelo menos ajuda a reduzir o seu uso.

Num ensaio de Intervenção Glucosamina/Condroitina (GAIT), o ensaio mais abrangente envolvendo estes suplementos, demonstrou-se que o Sulfato de Glucosamina, tomado em conjunto com o Sulfato de Condroitina, em apenas 8 semanas, resultou no alívio significativo da dor nas articulações da maioria dos participantes.

  1. Melhora a digestão e combate a inflamação intestinal

A Glucosamina trata o revestimento gastrointestinal, pois ajuda a formar o tecido conjuntivo que o compõe e combate a permeabilidade intestinal. A permeabilidade intestinal é prejudicial, pois implica o “vazamento” de proteínas não digeridas como o glúten, toxinas e micróbios, do intestino para o sangue, o que origina inflamação crónica.

Tanto o Suplemento de Glucosamina, como o caldo de osso rico em glucosamina favorecem a eliminação das inflamações crónicas e reparam tecidos danificados. Tem ainda a capacidade de reparar o revestimento da bexiga, do estômago e dos intestinos.

  1. Ajuda a aliviar a dor nos ossos

Todos aqueles que sofrem com dores nos ossos, dores nas articulações, artrite, osteoporose (baixa densidade óssea) ou até mesmo fraturas, vão atingir enormes benefícios se suplementarem com Glucosamina, que no caso específico das fraturas, ajuda a acelerar a cicatrização óssea.

A Glucosamina ajuda a recuperar mobilidade e a atividade das pessoas que padecem de distúrbios ósseos, articulares e até de lesões musculares.

De um modo geral, podemos resumir…

  • Diminui os níveis de inflamação;
  • Reverte reações autoimunes;
  • Diminui a dor nas articulações;
  • Protege e repara o revestimento intestinal;
  • Combate a irritação no estômago;
  • Ajuda a reconstruir a cartilagem e fortalece os ossos, mesmo após a ocorrência de fraturas.

EFEITOS SECUNDÁRIOS DA GLUCOSAMINA

– O Sulfato de Glucosamina, sob a forma de suplemento natural é extraído a partir da casca do marisco, incluindo camarão, caranguejo e lagosta, sendo por isso bem tolerado, pela maioria das pessoas, até uma dosagem de 1500 mg ao dia.

– As pessoas que tenham alergia ao marisco devem ter cuidado ao fazer uso deste suplemento. Apesar disso, um estudo sugere que indivíduos com alergia ao marisco podem dar-se bem com o suplemento de glucosamina. No entanto, se começarem a ter sintomas próprios de alergia, devem parar imediatamente de tomar o suplemento.

– Não se conhece muito sobre o seu efeito em mulheres grávidas ou em fase de amamentação, por isso deve evitar-se o seu consumo durante esta fase.

– Doses demasiado altas de Glucosamina podem interferir com o mecanismo de produção de colesterol, aumentar a resistência à insulina e os níveis de glicose no sangue, mas apenas em pessoas que possuam níveis muito elevados de colesterol ou que sofram de diabetes. O conselho que deixo é que se tiver alguma destas doenças, peça aconselhamento ao seu médico antes de iniciar à suplementação com Glucosamina.

– Mais um alerta que fica é que apenas devem iniciar a suplementação, depois de aderirem a uma boa alimentação como base, caso contrário podem não conseguir tirar proveito dos seus benefícios. Aliando uma boa alimentação a uma correta suplementação, atingirão uma saúde excecional!

Conclusão

A Glucosamina é um composto, de origem natural, que é produzido pelo nosso organismo ou que pode ser extraído do marisco e tomado na forma de suplemento.

 A Glucosamina é um aminossacarídeo que impede a progressão da degeneração das articulações, atenua as dores articulares e auxilia a produção de cartilagem.

Está comprovado que a Glucosamina alivia naturalmente os sintomas associados a artrite, a problemas digestivos, a inflamações e a dores ósseas.

Apesar de ser produzida pelo nosso organismo, à medida que envelhecemos vamos reduzindo a quantidade produzida, progressivamente, o que se manifesta na menor capacidade de formar cartilagem e líquido sinovial, o que acaba por deteriorar as nossas articulações, causando dores!

Depois de iniciara suplementação com o Sulfato de Glucosamina, não só voltei a “ver uma luz ao fundo do túnel”, como senti um enorme alívio das dores que, diariamente, sentia! Vou continuar a suplementar, talvez para sempre, já que os seus efeitos são mais notórios e eficazes, a longo prazo.

Aconselho-vos a testarem este suplemento, que irá ajudar imenso aqueles que sofrem com dores e problemas ósseos, articulares, tendinosos, …Mas também os que querem prevenir o aparecimento de futuros problemas a este nível.

Efetuarei novos exames, daqui a 2 ou 3 anos, para reavaliar a minha situação e nessa altura, dar-vos-ei notícias!

Para finalizar, um apelo a todos…

Sigam o Blog, subscrevam-se e ajudem-nos a crescer!

A subscrição é grátis e permite-vos receber, via email, as notificações de todos os artigos publicados!

Termino com uma citação: “Gosto das Belas Coisas Claras e Simples” (Florbela Espanca)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WordPress Anti Spam by WP-SpamShield