16 SINAIS QUE REVELAM NÍVEIS BAIXOS DE TESTOSTERONA!

Baixa TestosteronaEste artigo tem como objetivo alertar-vos para todos os sinais que sejam indicativos de níveis baixos de testosterona, pois um diagnóstico precoce é extremamente importante na eficácia da resolução do problema…

Cada vez que observo as estatísticas fico triste e desmotivado… As estatísticas não mentem… Os Homens da geração atual têm os seus níveis de testosterona a cair drasticamente!

Um estudo feito em Massachusetts no New England Research Institutes concluiu que, nos EUA, nos últimos 20 anos houve uma queda substancial dos níveis de testosterona na população masculina!

Segundo o Doutor Thomas Travinson, os níveis médios de testosterona caíram 1% ao ano. Ao lerem isto podem pensar, que 1% ao ano não é significativo, mas estão errados, pois isto significa que um homem de 65 anos, em 2002, teria níveis de testosterona 15% inferiores aos de um homem da mesma idade, em 1987. Esta situação não acontece somente em homens mais velhos, acontece também e, cada vez mais, em homens mais jovens!

Mesmo sem conhecermos analiticamente os níveis de testosterona, ou mesmo sem analisar estatísticas, facilmente nos apercebemos que, actualmente, os homens possuem níveis muito inferiores de testosterona, comparativamente aos dos seus pais e ainda mais baixos, quando comparados  com os dos seus avós!

Pode haver quem não concorde, mas a minha opinião é que vivemos numa sociedade de “meninas”! Não sou machista e valorizo bastante as mulheres, no entanto, a sociedade em que vivemos tem contribuído bastante para o decréscimo desta hormona, tão importante para a saúde dos homens! Posso citar-vos exemplos extremamente comuns e que dizem respeito ao que se passa em termos alimentares… A lipidofobia (medo de ingerir gorduras) que inunda o mundo publicitário ou o facto do mercado estar inundado de produtos alimentares “light”, entre outros, em nada tem contribuído para ajudar os homens a manterem saudáveis os seus níveis de testosterona!

A prova disso é que um homem precisa implorar à sua esposa para fazer um “petisco” à base de carnes vermelhas, vísceras (fígado, rins, coração), miudezas (fígado, coração, moelas), enchidos caseiros ou outros. Outros, simplesmente optam por comer tais petiscos fora, o que pode piorar bastante a situação!

Um homem é biologicamente diferente da mulher e como tal, tem necessidades nutricionais e energéticas bastante diferentes das da mulher. Por esse motivo, deve comer como um homem, ou seja, fazer uma alimentação que favoreça o aumento dos seus níveis de testosterona… E para isso é necessário um maior consumo de gorduras saudáveis, especialmente de gordura saturada.

Já devem ter percebido, que quando fiz referência a “petisco”, não me referia ao “petisco” que existe no café ou no restaurante local, porque na maioria dos locais as comidas nem sempre são confecionadas da melhor forma, nem com os ingredientes corretos.

As refeições feitas em casa, acompanhadas por um bom copo de vinho tinto são “petiscos” bastante masculinos, principalmente se forem constituídas por boas gorduras (carnes, peixes e ovos) e confecionadas também com gorduras saudáveis (azeite, banha, óleo de coco).

Atualmente é frequentemente ver as esposas reclamarem com os homens, por estes ingerirem alimentos com gordura… “Cuidado com o colesterol, olha os problemas cardíacos”,… Afinal de contas é esta a ideia que diariamente passado do écran da televisão para as nossas casas. No entanto, é raro ver uma esposa reclamar por o seu marido estar a comer hidratos de carbono (pão, massas e afins), afinal que mal é que tem comer um pãozinho com fiambre de perú? Os hidratos de carbono em excesso trazem graves consequências para a saúde e na hora de escolher, a opção certa são as boas fontes de gordura e não os hidratos de carbono! O que nunca, mas nunca devem fazer é consumir em simultâneo, hidratos de carbono e alimentos ricos em gordura… Aí vão ter que optar, ou uma coisa ou outra… Querem comer toucinho, torresmos, entremeadas,… Comam, mas com salada ou outros legumes, nunca com pão ou com qualquer outra fonte de hidratos de carbono!

O consumo de boas gorduras, não é apenas benéfico para os homens, as mulheres  também devem optar por fazer uma alimentação pobre em hidratos de carbono e rica em boas fontes de gorduras.

O colesterol é o “avô” de todas as hormonas, principalmente da testosterona e por isso necessitamos dele para manter a nossa saúde hormonal, além disso está comprovado que a ingestão de boas gorduras não é indicativa da ocorrência de problemas cardíacos.

Os baixos níveis de testosterona têm feito dos homens umas “meninas” em ponto grande… Atualmente vivemos numa sociedade altamente feminilizante, onde a feminilidade é recompensada e a masculinidade é punida! Uma geração masculina criada somente por mulheres, vai sentir dificuldades em ser masculina! Na maioria dos casos, a educação dos filhos está a cargo das mulheres e é muito importante o homem dar o seu contributo e participar na educação dos seus filhos… Só assim será possível construir jovens que aceitem a sua masculinidade!

APROVEITA AS NOVIDADES DO BLOG TREINO NATURAL
Junta-te ao estilo de vida de Treino Natural e viverás saudável, poderoso, com um corpo estético e natural!
Nós odiamos spam. 100% seguro!

Não pensem que sou machista ou que estou a criticar as mulheres… Pelo contrário, estou a criticar a atitude dos homens! As mulheres souberam adaptar-se aos tempos atuais, enquanto os homens não! Mas algo está errado, pois ironicamente, muitas são as mulheres que  estão a tornar-se cada vez mais masculinas e muitos são os homens que cada cada vez se mostram mais femininos.

Os homens não devem pensar que a sua masculinidade está errada, nem devem acreditar na propaganda dos Mídea que pune atitudes masculinas, intitulando-as de “atitudes machistas”. Masculinidade não é sinónimo de brutalidade, mas sim um conjunto de características sociais e biológicas que se traduzem em comportamentos masculinos, como coragem, independência, assertividade, … Isto nada tem a ver com machismo, um comportamento exibido por muitos homens que revela um desrespeito enorme pelo sexo feminino. Não é a esse tipo de comportamento que me refiro… Apenas penso que se somos homens não há problema em agirmos como tal!

Os estudos demonstram que os homens casados perdem uma maior percentagem de testosterona, o que provavelmente está relacionado com a cultura de lei e ordem que são impostas após o casamento, e que são inimigas do instinto masculino. Se cada vez que precisarem fazer algo, só o fizerem com o consentimento da vossa esposa, isso trará um efeito “feminilizante”, a longo prazo. Por isso, sejam assertivos, mas se quiserem fazer algo, façam-no!

Aproveito também para dar um conselho a todos os homens solteiros… Quando conhecerem uma mulher que vos desperte interesse, optem por uma mulher feminina e não feminista! Dessa forma ambos serão felizes e vocês homens, conseguirão de forma tranquila,  manter saudáveis os vossos níveis de testosterona.

Pessoalmente, nunca tive grandes problemas em relação a tudo o que escrevi até agora e agradeço por isso há minha esposa…

Existem atitudes na nossa sociedade e nos Mídea que funcionam como uma lavagem cerebral. Não se sintam mal por preferirem assistir a um filme de ação em vez de a uma novela! Não existe nada de errado nesse tipo de comportamento… Afinal biologicamente somos diferentes das mulheres!

Depois desta extensa introdução a incentivar os homens a aceitarem comportamentos masculinos, segue então uma lista de sinais a que devem estar atentos, e que podem indicar que os vossos níveis de testosterona estão em decréscimo:

  1. Excesso de gordura corporal;
  2. Diminuição da libido;
  3. Ginecomastia (hipertrofia mamária);
  4. Falta de motivação;
  5. Depressão;
  6. Baixa auto-estima;
  7. Irritabilidade;
  8. Mau humor;
  9. Perda de memória;
  10. Diminuição das ereções matinais;
  11. Disfunção erétil;
  12. Fadiga;
  13. Diminuição da energia;
  14. Diminuição da massa muscular;
  15. Encolhimento dos testículos;
  16. Baixa contagem de espermatozóides.

A maioria dos homens poderá sentir mais do que um destes sinais, o que dependerá, obviamente, de vários fatores, tais como: fatores genéticos, idade, prática de atividade física, tipo de alimentação, IMC, …

Existem vários motivos que conduzem à diminuição dos níveis de testosterona, no entanto existem 2 que se destacam pela sua relevância:

  1. A alimentação – devem fazer uma alimentação rica em gorduras boas! O ideal seria consumir cerca de 70% de gordura, 20% de proteína e apenas 10% de hidratos de carbono (dos bons, ou seja, provenientes de fontes naturais).

Basicamente, seria seguir uma Dieta Cetogénica, que é bastante eficaz na resolução de diversas patologias e no restabelecimento da saúde! Pessoalmente, penso que esta Dieta é a única que consegue superar a Dieta Paleo, em termos de benefícios para a saúde! No entanto, trata-se de uma dieta muito mais rigorosa e muito mais restrita que a Dieta Paleo/Primal, mas com efeitos de facto, surpreendentes!

Conheço alguns homens e pude ter acesso aos seus doseamentos de testosterona,  e verifiquei que a maioria deles apresentava níveis muito baixos desta hormona, tendo em conta a sua idade!

A maioria deles faz uma dieta baixa em gorduras e elevada em hidratos de carbono, especialmente hidratos de carbono provenientes de produtos industrializados; outros fazem uma dieta rica, tanto em gorduras que não são saudáveis (gorduras trans), como em hidratos de carbono… Comem pão, massas, doces, enchidos, pacotes de batatas fritas e outros snacks cheios de gorduras trans, bebem cerveja,… Todos estes alimentos contribuem para o aumento dos níveis de estrogénio e para a diminuição dos níveis de testosterona, além de apresentarem muitos outros riscos para a saúde! Por isso, nem as mulheres os devem consumir, pois além dos riscos que representam, a estrogenicidade (níveis elevados de estrogénio) também não é benéfica para a mulher.

Para conseguirem aumentar os vossos níveis de testosterona devem consumir, predominantemente, carnes com gordura, fígado, ovos (clara e gema), coco, abacate, óleo de coco, azeite, frutos secos, peixes gordos, toucinho, manteiga, queijos (de preferência feitos com leite cru), vegetais (para diminuir o excesso de estrogénio), alho, cebola, …

Comam bem… Comam comida de verdade, como os Homens da era Paleolítica!

Se forem vegetarianos, o que não aconselho, optem por comer bastantes frutos secos, óleo de coco, coco, abacate e ovos (se não forem vegans). Excluam da vossa alimentação produtos como, soja, milho, trigo, cevada, margarinas, óleos vegetais e açúcar, que aumentam drasticamente os níveis de estrogenicidade!

  1. Atividade física – em relação ao treino, a musculação, especialmente se fizerem treinos de força, contribui para aumentar os níveis de testosterona em 40%.

O Jornal Europeu de Fisiologia Aplicada citou: “O treino de musculação é realmente uma espécie de terapia hormonal”.

Segundo os estudos, depois de um treino de musculação, a testosterona diminui, especialmente, nos 45 minutos após o treino, enquanto o cortisol aumenta. Ao fim de 4 semanas de treino, com períodos de descanso entre treinos, os níveis de testosterona sobem cerca de 40% e os níveis de cortisol, após a adaptação ao treino, diminuem, tanto em repouso, como no pós-treino.

Aconselho-vos a fazerem treinos que não ultrapassem os 45 a 60 minutos de duração, já que, após 45 minutos de treino intenso, os níveis de testosterona sofrem um decréscimo. Se quiserem treinar 2 horas por dia, deverão optar por treinos bi-diários, ou seja, 2 treinos por dia, com a duração de 1 hora cada um.

Apesar da musculação ser um boost para os níveis de testosterona, existem outras atividades de menor intensidade, como caminhadas, cortar lenha, atividades hortícolas, subir escadas e outros trabalhos que impliquem força física, que também ajudam a elevar os níveis de testosterona.

Para finalizar, descrevo mais algumas dicas que vos podem ajudar a aumentar os níveis de testosterona, de forma natural:

Existem muitas outras dicas, mas não vou alongar ainda mais este artigo!

Se conseguirem por em prática grande parte destes conselhos, com certeza que além de melhorarem os vossos níveis de testosterona, vão aumentar a vossa virilidade.

A maioria destes conselhos também são úteis para as mulheres, já que elas também possuem testosterona, embora em níveis bastante inferiores aos dos homens. As mulheres também devem seguir estas dicas para alcançarem níveis saudáveis de testosterona natural, sem contudo, ultrapassarem os níveis fisiológicos femininos!

Conseguir atingir níveis de testosterona corretos, otimizados de forma natural, beneficiará de forma estrondosa, tanto a saúde masculina, como a saúde feminina!

Conclusão

Os Homens e as Mulheres são diferentes fisiologicamente e por isso tem necessidades nutricionais e energéticas diferentes.

Devem alimentar-se como homens, dando preferência a uma alimentação rica em gorduras boas e pobre em hidratos de carbono.

As mulheres também se beneficiarão com este tipo de alimentação, pois permitir-lhes-à manter saudáveis os seus níveis hormonais.

Ser homem e ter comportamentos masculinos não é sinonimo de atitudes machistas, aliás o meu objetivo não é tornar ninguém machista, pelo contrário é alertar os homens para uma sociedade que estimula demasiadas atitudes femininas!

Valorizo bastante as mulheres, mas temos que nos lembrar que somos homens e não existe nada de errado nisso!

Termino com uma citação: “O sucesso depende de coragem, de perseverança e, sobretudo, da vontade de ser quem você é, por mais estranho que isso possa parecer… Então, você estará em condições de dizer: Encontrei o meu herói – que sou eu!” (George Sheehan)

APROVEITA AS NOVIDADES DO BLOG TREINO NATURAL
Junta-te ao estilo de vida de Treino Natural e viverás saudável, poderoso, com um corpo estético e natural!
Nós odiamos spam. 100% seguro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WordPress Anti Spam by WP-SpamShield

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.